Arquivo da categoria ‘Ficção

A MENINA QUE TINHA DONS   3 comments

Olá Galera do Livros com Pipoca, resenha do livro A MENINA QUE TINHA DONS da autor M.R.Carey, publicado pela Editora FABRICA231 (ROCCO).

A MENINA QUE TINHA DONS

Sinopse: Num futuro distópico, em que a maioria da humanidade foi exterminada, um grupo de crianças vive confinado numa base militar. Todas as manhãs elas aguardam em suas celas o sargento Parks vir com uma arma apontada e mais dois de seus homens para afivelá-las — tornozelos, pulsos e pescoço — à cadeira de rodas que as levará para a aula. Certa vez, Melanie, a mais inteligente delas, brincou dizendo que não iria mordê-los. Ninguém riu. Sabiam que o cheiro de carne humana era o estopim para que ela perdesse o controle e entrasse num estado de muita, muita “fome”! Eis a premissa de A menina que tinha dons, original e emocionante thriller de horror de M.R. Carey, prestigiado roteirista de HQ’s de sucesso, como Hellblazer e X-Men, título que inaugura o Fábrica231, novo selo de entretenimento da Editora Rocco.
 

Leia o resto deste post »

Resenha: Habitantes do Cosmos: Artemísia   3 comments

Olá Galera do Livros com Pipoca!!!!

Hoje tem resenha!!! E será sobre o livro “Habitantes do Cosmos: Artemísia” da autora Francélia Pereira que foi publicado esse ano pela Editora Buriti.

HABITANTES DO COSMOS ARTEMISIA

Sinopse: “Habitantes do Cosmos: Artemísia” é o segundo volume da série escrita por Francélia Pereira. Nele, são inseridas importantes discussões sobre ecologia, cultura ancestral, gênero, sexualidade e diversidade, envoltos em mitos da cultura ancestral brasileira. Englobando desde o passado remoto até o futuro distante, como em “Artemísia”, Habitantes do Cosmos é cercado de incertezas e tramas dignas de uma grande e arrebatadora história”
Resenha: O livro conta a história de um futuro distante mas não definido onde, devido a catástrofes e destruições, a humanidade acabou tendo que procurar refúgio em outros planetas, acabando assim se espalhando por todo o Sistema Apolo. Essa nova sociedade, mais evoluída socialmente, moralmente e cientificamente já superou, em teoria, questões ultrapassadas como discriminação por raça, gênero, etc. Entretanto, Artemísia, nossa heroína e protagonista, nasce no planeta Vênus, em uma sociedade que ainda segue um regime muito patriarcal e extremamente machista, ficando assim isolada de todo o resto da humanidade.
Artemísia assim já experimenta enquanto menina as feridas que uma sociedade extremamente machista pode causar, onde os homens é que comandavam e lutavam, ficando as mulheres apenas com a função de procriação. Então, depois de um incidente com o seu pai ela acaba se separando de sua família, onde a mesma, carregando um ódio de seu pai no coração, é levada do planeta Vênus, ficando assim sozinha e perdida. Mas ela logo se junta a grupos de mercenários galácticos e se torna uma grande guerreira com nome de respeito entre os guerreiros.
Com o tempo, Artemísia se cansa da vida de mercenária e resolve partir para encontrar o seu sentido na vida, e assim, ela passa a seguir os ensinamentos de grandes mestres que a vida acaba colocando em seu caminho, a fim de conseguir tirar esse vazio que ela sentia dentro de si. E aí então começa essa grande aventura que nos leva a viajar por vários planetas e viver várias lutas épicas!!! Onde vamos vendo o crescimento de Artemísia que começa como uma mercenária e vai se tornando uma guerreira lendária do Sistema Apolo, cruzando nesse seu caminho com traições, medos, artefatos lendários e mágicos, deusas poderosas, inimigos brutais, etc!!!

artemisia 01

O livro possui vários pontos fortes que gostei bastante, como o fato de ser uma ficção científica mas que vem recheado da cultura brasileira, nos nomes, nos mitos e lendas da história, filosofia, com personagens muito ricos e diferenciados. Inclusive ele possui no final um capítulo com os mitos e realidades do livro, um guia dos personagens com os nomes de cada personagem e o que significa cada um dos nomes.
Não sei se foi intenção da Francélia, mas eu adorei ter encontrado nesse livro (Adorei mesmo) um certo ar de Matrix (Pelo menos para mim), principalmente nas relações que Artemísia tinha com os seus mestres, os enigmas e os treinamentos que eles vão colocando para ela!!! Eu achei sensacional o mestre Andyrá.
As ideologias e conflitos pessoas que estão por trás da história são incríveis, as lutas internas que Artemísia trava dentro de si para conseguir encontrar o seu caminho, as reviravoltas que a história trás e que nos deixa de boca aberta.

artemisia 02

Um livro com grandes lutas, mas que fala de como o amor pode curar as nossas feridas internas, de como os amigos são importantes na nossa caminhada e de como sempre temos algo a aprender!!! Eu super recomendo!!!

image (8)

Estudante de Letras, apaixonada por mitologia, poesia e ficção científica. Francélia nasceu em Belo Horizonte/MG em 1977. Estudou sânscrito em um curso de Extensão oferecido pela Universidade Federal de Minas Gerais; foi quando se apaixonou pela Linguagem e suas diversas manifestações. Atualmente é graduanda em Letras. Sua primeira publicação foi “O texto por trás das palavras“, um livro de poemas. “Habitantes do Cosmos” é seu primeiro romance.
“Em meus textos de ficção, tento apresentar um pouco da cultura ancestral do Brasil ; cultura que se encontra, na maioria das vezes, escondida atrás de obras eruditas ou dentro de nossas matas e florestas. Na poesia, tento apresentar um pouco do universo que me cerca; um pouco do meu mundo interior e dos mundos que observo em minha órbita”
Francélia pode ser encontrada em no TWITTERFACEBOOKWATTPAD e WIDBOOK e o livro pode ser compra do pelo próprio site da EDITORA BURITI.
Beijos e abraços, Berma!!! 😉

Dica de Filme: Interestelar (Christopher Nolan)   7 comments

Olá Galera do Livros com Pipoca!!!

Hoje a dica de filme vai especialmente para aqueles nerds (Como eu – hehehe) que adoram um bom filme que fala de viagens espaciais, mas que não se limitam a simplesmente em assistir o filme, mas depois procuram entender todo o conceito que o filme se baseia. E para essas pessoas o filme “Interestelar” é uma obra prima!!!

interestelar-posterfinal

Lançamento: 6 de novembro de 2014 (2h49min)
Direção: Christopher Nolan (O mesmo de “A origem” e a trilogia “O Cavaleiro das Trevas”)
Elenco: Matthew McConaughey, Anne Hathaway, Michael Caine mais
Gênero: Ficção científica , Drama
Nacionalidade: EUA
Sinopse: Com o nosso tempo na Terra chegando ao fim, um time de exploradores é responsável pela missão mais importante da história da humanidade: viajar além desta galáxia para descobrir se a raça humana tem futuro além das estrelas.
Resenha: Em um futuro não muito distante a Terra já não é mais aquela “mãe” que todos nós pensamos. Em uma época em que precisamos muito mais de fazendeiros do que de médicos, engenheiros e cientistas, os alimentos são muito escassos, onde os alimentos já acabaram e as plantações são constantemente atacadas por pestes e enormes tempestades de poeiras. Assim a raça humana vai lutando como pode para sobreviver!!!
Nesse contexto o engenheiro espacial Cooper (McConaughey) vive como fazendeiro ao lado do seu filho, sua filha e seu sogro. Cooper vai seguindo a sua vida mas se incomoda com o rumo que a humanidade está seguindo, onde estão mais preocupados em sobreviver do que em empreender uma solução para o futuro, ficando assim com aquela intuição de que com o tempo a vida na Terra se tornará impossível.

164817.jpg-c_315_210_x-f_jpg-q_x-xxyxx

E é nesse momento que ele e a sua filha codificam uma anomalia gravitacional ocasionada na fazenda e acabam sendo guiados para uma base secreta, onde ele acaba sendo convidado para pilotar uma nave espacial em uma missão especial para descobrir outro planeta na qual os humanos pudessem viver e assim não entrar em extinção. E é aí que toda a história começa levando o espectado a uma viagem magnífica.
A primeira parte do filme é focada na vida de Cooper, mostrando as suas convicções, seus relacionamentos com a família, especialmente com a filha Murph, e em como ele lida com toda a confusão que se tornou a terra. E então entra a segunda parte do filme onde o foco é a missão especial a procura de uma nova casa para os seres humanos.
Interestelar aborda temas como o desperdício, abandono, solidão e desespero. É um filme sobre humanidade, retratando a capacidade do homem de ser devastador, mesquinho e ao mesmo tempo sonhador e comprometido.

interestelar21

Um filme que, com a ajuda do físico teórico Kip Thorne (Que foi chamado pelo diretor para ajudar nas gravações do filme) utiliza conceitos fantásticos da astrofísica que nos fazem ficar vidrados no filme do começo ao fim, como buracos negros, viagem no tempo, etc. Teorias essas que chegam ser até difíceis de se entender na primeira vez que o assistimos. Assim vou colocar aqui um resumo desses conceitos para ajudar aos que forem assistir a não “boiar” em meio a tanta física quântica (rsrsrsrs).
Gravidade Artificial: Em um momento do filme eles precisam fazer a nave girar a fim de criar uma gravidade artificial. Mas porque que isso é necessário? A questão é que é extremamente prejudicial a um ser humano ficar em um ambiente sem gravidade por muito tempo – meses e anos, no caso do filme – e, por isso, fala-se em um conceito chamado “gravidade artificial”, que foi criado por cientistas para lidar com o problema. Essa gravidade artificial é produzida por um movimento de rotação da nave, causando uma sensação de gravidade “normal” para os tripulantes da nave.
Buracos Negros Giratórios: Outro assunto abordado no filme é a questão dos buracos negros giratórios, cuja existência já foi comprovada cientificamente pelo astrofísico Kip Thorne. Esses buracos conseguem mudar a forma do espaço ao redor deles, em um processo chamado “frame dragging”. Essa deformação de espaço acaba afetando outros fatores também, como a noção de espaço-tempo das regiões próximas.
Buraco de Minhoca: Na verdade, a astrofísica ainda não comprovou a existência de buracos de minhoca, então este item do filme não poderia ser cientificamente viável. Ainda assim, o conceito é sensacional. Um buraco de minhoca, teoricamente, é o ponto de interseção entre duas regiões do espaço que estão longes. Para entender melhor, é como se fosse uma folha de papel dobrada ao meio e com uma caneta atravessando ambos os lados da folha. No caso a folha seria o espaço. Um ponto de um dos lados dela é a Terra e um ponto do outro lado é uma galáxia distante. O furo que você fez com a caneta é o buraco de minhoca.
Dilatação Gravitacional do Tempo: É um fenômeno verdadeiro e que está diretamente associado à relatividade do tempo, provando que em regiões de forte influência da gravidade, o tempo passa de maneira mais lenta em comparação com regiões de menor atração gravitacional, como a Terra por exemplo. Como os buracos negros têm maior atração gravitacional, lá o tempo passa mais mais devagar do que o tempo em nosso planeta. Assim, uma pessoa próxima a um buraco negro acaba envelhecendo mais devagar do que quem está na Terra. De forma que, como essa dilatação depende da ação gravitacional , e esta por sua vez pode varia de local para local no espaço, cada região cósmica tem uma relação temporal única.
Segue abaixo o trailler do filme:

Para finalizar, “Interestelar” é um filme que vai muito além da nossa imaginação, colocando as teorias em prática. Super recomendo, um daqueles filmes que você assiste, deita na cama e fica pensando “Que filme do c…..”!!!!
Que já assistiu o que achou? E quem não assistiu mas vai assistir, depois conta aqui para nós o que acharam, tá!
Beijos e abraços, Berma! 😉

Publicado 17/03/2015 por Berma em Dicas de Filmes, Ficção, Filmes e Música

Etiquetado com ,

%d blogueiros gostam disto: