Arquivo da categoria ‘Biografias

Entrevista com a autora Francélia Pereira   1 comment

Olá Galera do Livros com Pipoca!!!

Hoje temos uma entrevista muito legal que a autora Francélia Pereira concedeu para o nosso blog. Francélia (Autora dos livros de sucesso “Habitantes do cosmos” e “Artemísia” (Primeiro e segundo volume da saga), e que já está trabalhando no terceiro volume que deverá sair em breve para nós leitores) conta para nós, com muito carinho e sinceridade, como foi a sua inspiração para escrever os livros, como é a sua rotina para escrever, quais os seus trabalhos para o futuro, etc. Enfim, uma daquelas entrevistas bem gostosas que faz o leitor sentir-se mais pertinho do escritor!!!

3 - 10644473_1501979053398527_1028347071853857198_n

Livros com Pipoca: De onde surgiu a inspiração para escrever a saga “Habitante do Cosmos” e, principalmente, o segundo volume “Artemísia”?
Francélia Pereira: Bem, eu sempre fui fã de ficção científica e fantasia, e isso foi me levando a buscar o “fantástico” também na realidade. Assim surgiu meu interesse por textos antigos, como as obras dos gregos, que hoje chamamos de ficção e mitologia, mas que para os autores era uma forma de retratar o mundo ao seu redor e de contar a História da humanidade. Depois de ler muito, minha mente acabou se expandindo demais, aí veio a necessidade de escrever.
A série, dentre outras coisas, pretende despertar no leitor o interesse pelo passado e, assim, mostrar o quanto esse passado tem a nos ensinar; o que justifica o seu estudo e inspira o respeito por nossos ancestrais.
O Artemísia segue essa linha da série, e nele apresento divindades criadas por várias culturas, mas destaco uma divindade nacional, Îacy. A inspiração do Artemísia foi uma discussão que tive com um amigo meu, há uns sete anos atrás, sobre machismo; e desde então tenho pesquisado sobre o assunto. O Artemísia tem como tema principal a discussão sobre os gêneros, questões que nossa sociedade utiliza pra tentar justificar a superioridade de um gênero sobre o outro, mas tento mostrar que essas questões não passam de ilusões, pois somos todos humanos e, assim, dotados das mesmas capacidades e fraquezas. No fim das contas, o livro chama a atenção do leitor para todo tipo de discriminação e o convida a pensar sobre o assunto.
9 - divulgacao face
Livros com Pipoca: Desde a concepção até a publicação, quais foram as maiores batalhas que você teve que travar para lançar os livros?
Francélia Pereira: O volume 1 foi escrito para um concurso, aqui em BH; então, enquanto esperava pelo resultado, comecei a escrever o Artemísia. A princípio eu não tinha intenção de publicá-lo, só queria mesmo compartilhar a história, então comecei a publicar os episódios em um blog, ainda não conhecia as redes de escritores e leitores. Algumas pessoas começaram a se interessar pela história, e meus amigos me incentivaram a publicar de forma independente. Nessa fase um amigo meu me indicou o site Clube de Autores, e vendi alguns volumes por lá. Logo em seguida, esse mesmo amigo me incentivou a enviar a obra para as editoras, enviei para duas e logo recebi a resposta da Editora Buriti. Com o Artemísia, o processo todo, entre escrever a obra, publicar independente e assinar o contrato com a Editora, não durou mais que três meses. É uma obra pela qual tenho muito carinho.
Logo após assinar o contrato com a editora, saiu o resultado do concurso, e o vol1 ficou liberado. Então substitui o Artemísia pelo Habitantes do Cosmos no Clube de Autores, e também o publiquei no Wattpad; e agora começa a dar bons resultados. Mês passado enviei o original para uma editora, que acredito ter o perfil da obra, mas o prazo de espera é de cinco meses, enquanto isso o livro segue disponível no widdbook e no wattpad, de forma digital, para quem se interessar a conhecer a obra; e quem quiser adquirir o livro físico basta buscar no Clube de Autores.
Uma grande dificuldade é a divulgação, pois é o processo que exige dedicação de tempo e grande investimento financeiro; como estou terminando meu curso e estou no período do estágio obrigatório, ainda disponho de tempo, mas não tenho dinheiro nenhum para investir :p . Mas a maior dificuldade é não ver seu trabalho reconhecido como um “trabalho”; principalmente pela família, pois é um problema que, acredito, a maioria dos artistas sofrem, já que na nossa sociedade só é considerado trabalho aquilo que gera renda; se você não ganha dinheiro com o que faz, as pessoas não respeitam o seu processo criativo, já que o encaram como brincadeira, hobby ou coisa pior. Para se dedicar a um trabalho que envolve cultura e conhecimento, principalmente aqui no Brasil, é necessário se tornar um pouco “altista”, pois se a gente escuta o mundo acaba desanimando e seguindo outros rumos.

5 - 10676388_673839259400249_461056342925447086_n

Livros com Pipoca: Como é sua rotina para escrever? Tem alguma rotina para escrever, alguma disciplina, um horário determinado ou escreve quando surge oportunidade?
Francélia Pereira: Comecei a escrever o Habitantes do Cosmos logo após terminar minha monografia, na época, final de 2013, eu ainda era estagiária em uma editora. Eu já estava em um ritmo acelerado de escrita, e esse ritmo segue até hoje. Escrevi o Habitantes do Cosmos em dois meses, o Artemísia em um mês e, entre um e outro, escrevi os poemas e os contos também. O terceiro volume da série Habitantes do Cosmos também já está no início, tem um projeto de HQ que está tomando bastante tempo em pesquisa e na elaboração do texto do roteiro, que estou adorando fazer, e tenho escrito bastante para o blog Pindorama, enfim, enquanto as “Musas” estiverem por perto, minha rotina será essa, de escrever o tempo todo. Já durmo com o celular do lado, pois é muito comum acordar de madrugada com alguma inspiração que, se não for anotada logo, acabará se perdendo pela manhã.
Livros com Pipoca: As histórias “se escrevem” sozinhas ou o você pensa na trama inteira, seguindo depois um esquema previamente traçado?
Francélia Pereira: Como digo aos meus amigos, as histórias são “psicografadas”. Primeiro me vem a inspiração do tema, depois ela ganha vida própria, e, o mais interessante, as informações vão surgindo e se somando na trama.
Com o volume 3 a coisa está acontecendo de forma um pouco diferente. A história já está toda pronta na minha cabeça, e já fiz um esquema de tudo que pretendo desenvolver, mas, até agora, somente a introdução me veio como inspiração. Ainda me faltam algumas informações para desenvolver a história, acredito que ele vá demorar um pouco para ser concluído.
Livros com Pipoca: Como a literatura entrou em sua vida?
Francélia Pereira: A Literatura sempre esteve presente em minha vida. Mesmo antes de aprender a ler, meu pai já comprava pra mim as famosas revistinhas da Turma da Mônica. Eu era fã de “gibi” e ficava louca pra aprender a ler as histórias. Aos sete anos fui alfabetizada, e lembro até hoje da alegria que foi receber minha primeira carteirinha de biblioteca.
Livros com Pipoca: Quais são os escritores que prefere e que te influenciam?
Francélia Pereira: Gosto muito dos textos antigos, de todas as culturas, muitos deles não apresentam autoria e, em alguns casos, como de Homero, a autoria ainda é questionada; mas citando alguns autores, gosto muito do Homero, Hesíodo, Heródoto, Ovídio, dentre vários outros da cultura helênica e do helenismo; dos mais “novos” gosto do Aldous Huxley, Alan Moore, Franz Kafka, Clarice Lispector, Daniel Munduruku, Kaká Werá… Geralmente essa é uma pergunta difícil de responder, porque sempre me sinto injusta com algum autor que acabo esquecendo de citar, rs.
Livros com Pipoca: Quais são seus planos e projetos para o futuro próximo?
Francélia Pereira: Primeiro, me formar; e depois, começar outro curso, pretendo fazer Antropologia. Minha família é totalmente contra, já que esperam ansiosos o dia em que vou me tornar uma pessoa normal e arrumar um emprego digno, mas não tem jeito, meu mundo só faz sentido em meio a textos, pesquisas e produção do conhecimento. É uma pena eu ter nascido pobre, pois meu destino é passar necessidade, já que nunca vou parar de estudar;  e ganhar dinheiro com livros no Brasil é uma utopia.
O Blog agradece de coração o carinho e atenção que a autora Francélia dedicou ao blog e dedica sempre aos seus leitores!!!

 

2 - 1554551_1485828751680224_4434969433801729374_nEstudante de Letras, apaixonada por mitologia, poesia e ficção científica. Francélia nasceu em Belo Horizonte/MG em 1977. Estudou sânscrito em um curso de Extensão oferecido pela Universidade Federal de Minas Gerais; foi quando se apaixonou pela Linguagem e suas diversas manifestações. Atualmente é graduanda em Letras. Sua primeira publicação foi “O texto por trás das palavras“, um livro de poemas. “Habitantes do Cosmos” é seu primeiro romance.
“Em meus textos de ficção, tento apresentar um pouco da cultura ancestral do Brasil ; cultura que se encontra, na maioria das vezes, escondida atrás de obras eruditas ou dentro de nossas matas e florestas. Na poesia, tento apresentar um pouco do universo que me cerca; um pouco do meu mundo interior e dos mundos que observo em minha órbita”
Francélia pode ser encontrada no TWITTERFACEBOOKWATTPAD e WIDBOOK.
Então pessoal, gostaram da entrevista? Fiquem a vontade para dar pitacos e até mesmo fazerem algumas perguntas para a Francélia!!!
Abraços e beijos, Berma.

🙂

Nova Parceria com o autor Marcelo Hipólito!!!   Leave a comment

Olá Galera do Livros com Pipoca!!!!

Acertamos nesta segunda-feira mais uma parceria que nos deixa muito felizes e orgulhosos, agora com o autor brasileiro Marcelo Hipólito Eu já conhecia o seu trabalho das redes sociais e, após entrarmos em contato, Marcelo aceitou ser um parceiro do Livros com Pipoca. 🙂

 

MARCELO HIPÓLITO

MARCELO HIPÓLITO

MARCELO HIPÓLITO é um escritor brasileiro, nascido em São Paulo. É autor dos romances O Mago de Camelot: a saga de Merlin para coroar um dragão (Novo Século, 2013), Osíris: deus do Egito (Marco Zero, 2009) e Lúcifer: o primeiro anjo (Marco Zero, 2006).

Hipólito participa das antologias Fiat Voluntas Tua (Multifoco, 2009) e Metamorfose: a fúria dos lobisomens (All Print, 2009). Além disso, é autor do e-book Dullahan: os cavaleiros sem cabeça (Navras Digital, 2013) e coautor de diversos contos publicados em língua inglesa, nos Estados Unidos, Reino Unido e Espanha, dentre os quais se destaca Eternal Grief, indicado para melhor conto de horror nos Estados Unidos, em 2003, pelo Preditors & Editors Readers Poll.

Hipólito é também diretor de três filmes de curta-metragem de ficção, roteirista de cinema e produtor de teatro.

 

 

 

O Mago de Camelot: A saga de Merlin para coroar um dragão

O Mago de Camelot

O Mago de Camelot

Sinopse: De uma infância pobre e sofrida à irresistível ascensão aos salões dos grandes reis; de um começo sem esperanças ao despertar de um poder inigualável, invejado e temido, Merlin,  é levado a se tornar o homem mais influente da Idade das Trevas. Confidente supremo do rei Artur e maior conselheiro da corte de Camelot. Misterioso e enigmático. Amado e odiado. Druida, monge e mago.

Na Britânia do Século V da Era Cristã – abandonada pela queda do Império Romano à barbárie dos invasores saxões -, Merlin surge para impor um novo tipo de rei a um povo abatido e desesperado, alterando, para sempre, não apenas o destino dos britânicos, mas de toda a humanidade.

A saga de um homem determinado a erigir uma civilização de paz e justiça numa terra devastada pelo caos e a guerra em uma aventura épica e brutal que equilibra realismo duro com doses amargas de magia.

Trecho da obra: “O druida, então, abriu um sorriso malévolo aos soldados saxões. Hengist gritava às suas tropas para se manterem firmes, mas sua vanguarda ruía à medida que um resoluto Merlin avançava, a passos largos, na sua direção. A defesa saxônica se fragmentava perante o pavor supersticioso imposto pela figura aterrorizante do druida.

Face à derrota iminente, Hengist se desesperou, girando seu machado e galopando para Merlin.

O druida estancou diante do ataque rápido e brutal do rei saxão. Sem tempo para conjurar um feitiço protetor, Merlin percebeu, tardiamente, a estupidez de seu erro. Em sua soberba e imaturidade, ambicionara vencer sozinho a batalha. Agora, contudo, sua queda restauraria o ânimo dos saxões, desgraçando o contingente britânico.

Merlin experimentou o fragor das narinas do cavalo e o tremor do solo sob seus cascos potentes. O machado de Hengist se projetou para lhe separar a cabeça dos ombros.”

 

Marcelo Hipólito pode ser encontrado:

E-mail: marhipolito@gmail.com

Site: http://www.marcelohipolito.com/

Ele pode ser seguido no FACEBOOK, TWITTERBLOGSPOT e GOOGLE+.

 

Publicado 23/02/2015 por Berma em Biografias, Marcelo Hipólito, Parceiros

Etiquetado com ,

Nova parceria com a escritora Francélia Pereira!!!   1 comment

Olá Galera do Livros com Pipoca!!!

Iupiiii!!!! O blog fechou parceria com a escritora brasileira Francélia Pereira!!!!

d305bcffa19446766f0c784c253230e5

Estudante de Letras, apaixonada por mitologia, poesia e ficção científica. Francélia nasceu em Belo Horizonte/MG em 1977. Estudou sânscrito em um curso de Extensão oferecido pela Universidade Federal de Minas Gerais; foi quando se apaixonou pela Linguagem e suas diversas manifestações. Atualmente é graduanda em Letras. Sua primeira publicação foi “O texto por trás das palavras“, um livro de poemas. “Habitantes do Cosmos” é seu primeiro romance.

“Em meus textos de ficção, tento apresentar um pouco da cultura ancestral do Brasil ; cultura que se encontra, na maioria das vezes, escondida atrás de obras eruditas ou dentro de nossas matas e florestas. Na poesia, tento apresentar um pouco do universo que me cerca; um pouco do meu mundo interior e dos mundos que observo em minha órbita”

A escritora já possui alguns ótimos trabalhos publicados:

27504200-176-k921522 O texto por trás das palavras: Poemas são pedaços da nossa história. São fragmentos de momentos, pensamentos e sentimentos. Um dia temos esperança, no outro nem tanto. Um dia amamos intensamente, em outro tentamos superar alguma dor. Gente que chega, gente que vai… Enfim, a poesia eterniza esses momentos e compartilha sentimentos que são experimentados por muitos de nós.Assim é “O Texto por trás das palavras”.

 

 

29924864-176-k351904Espelho: Livro de contos com temáticas diversas. Aqui os textos servem de “interface com nós mesmos” (Pierre Lévy).

 

 

 

27505533-176-k871607

Oby Îuba: Contos da floresta: Nada tem sido tão inspirador para a Literatura quanto as histórias das diversas mitologias contadas pela humanidade através dos tempos. Em Oby Îuba (verde amarelo) tentamos resgatar um pouco da mitologia desenvolvida em nossa terra e, através dela, deixamos nossa imaginação ganhar asas. O resultado são contos diversos que compartilham entre si a fonte de inspiração, ou seja, a mitologia indígena do Brasil.

 

 

28144665-256-k921678

Momentos: Textos curtos que funcionam como retratos de momentos.

 

 

 

 

28369509-176-k492764

Habitantes do Cosmos: Transformações naturais ocorrem no planeta Terra e a humanidade não consegue mais sobreviver em seu antigo lar. Migrações forçadas levam o ser humano a habitar colônias espalhadas pelo sistema solar. O Governo tenta manter a ordem e as condições necessárias para que a humanidade sobreviva até que um novo planeta, parecido com a antiga Terra, possa ser encontrado e a vida humana volte ao normal. Mas os recursos naturais que podem garantir a sobrevivência humana se tornam cada vez mais escassos no Sistema Apolo, e  nesse contexto um grupo de escolhidos tentam, paralelamente à missão oficial do Governo, encontrar um meio de garantir a perpetuação da raça humana. Conheça o passado, o presente e o futuro incerto da humanidade em Habitantes do Cosmos.

 

29532666-176-k921067

Habitantes do Cosmos: Artemísia: O planeta Terra havia se tornado hostil. A humanidade havia migrado para vários pontos do Sistema Solar. O Governo lutava para manter a ordem e garantir as condições necessárias para que a humanidade sobrevivesse até que um novo lar pudesse ser encontrado. Em um canto de Vênus, um povo mantinha tradições milenares; era o Clã; e dele nasceu Artemísia. Em um universo sem esperança ela tenta encontrar uma forma de viver eternamente.

 

 

Francélia pode ser encontrada em:

Twitter: https://twitter.com/Francelia_cp

Facebook: https://www.facebook.com/franceliapereiraescritora?ref=ts&fref=ts

Wattpad: http://www.wattpad.com/user/FrancliaPereira

Widbook:http://www.widbook.com/profile/francelia-pereira-1375

 

Em breve teremos aqui no blog muita coisa legal da Francélia: entrevistas, resenhas, trechos, etc. Aguardem!!!

Publicado 17/02/2015 por Berma em Biografias, Francélia Pereira, Parceiros

Etiquetado com , ,

Nova Parceria – Autor Leonardo Barros   Leave a comment

Olá galera do Livros com Pipoca!

É com muita honra que anuncio a parceria deste humilde blog com o autor Leonardo Barros, um grande autor nacional, escritor do romance erótico “Amor de Yoni” (publicado em 2008); do suspense policial “O Maníaco do Circo – e o menino que tinha medo de palhaços” (publicado na XIV Bienal do Livro Rio, em 2009); da comédia “Saúde, Beleza, Prosperidade e Riqueza” (publicação independente, 2010) e da comédia “Solteiro Em Trinta Dias – Receitas de sucesso de um ex-otário” (publicado em 2011). Sendo “Presságio – O assassinato da Freira Nua” é sua quinta ficção e seu segundo suspense policial.

AUTOR - LEONARDO BARROS - PRESSÁGIO

 

Conhecendo o autor: Leonardo Barros é médico e romancista. Autor de cinco romances, trabalhou com os gêneros comédia e erotismo, mas fez sucesso com o gênero suspense, ao lançar o thriller policial O Maníaco do Circo (http://zip.net/bfqJyM), um dos e-books mais vendidos do gênero no site Amazon.com.br, por mais de dois anos consecutivos. Sua versão impressa foi lançada pela All Print editora e está temporariamente esgotada.

Pressagio_Capa

Presságio – O assassinato da Freira Nua (http://zip.net/bqqKzv) é seu segundo suspense policial e foi lançado pela Novo Século Editora (Selo Novos Talentos). Devido ao grande sucesso da obra, junto aos leitores e à crítica, o autor assinou, recentemente, um contrato com a editora e lançará, em breve, um suspense fantástico pelo selo principal da mesma editora. O título da nova obra ainda é um segredo.

Presságio conta a história de Alice, uma garota que tem visões, mas rejeita seu poder, até perceber que seus presságios podem ajudá-la a solucionar um crime e a reverter uma injustiça. São características da obra do autor uma tônica sensual e violenta, além da narrativa tipo thriller, que instiga o leitor a descobrir o que está por vir.

O autor mantém contato permanente com seus leitores por meio do Facebook (http://zip.net/bhnb9p), Twitter (http://zip.net/bsqJ3W) e pelo e-mail leobarrosescritor@gmail.com.

Leonardo Também publica vídeos no Sente e Escreva, seu canal do YouTube (http://zip.net/bbmN15). Lá você pode encontrar uma série de tutoriais com dicas para novos escritores (http://zip.net/bnm5BV), episódios do Fantasticrítica (http://zip.net/bnqyCQ), uma série de resenhas gravadas em videoconferência, em que autores de literatura fantástica comentam suas leituras do gênero. O autor também publicou o Papo de Escritor (http://zip.net/bmm5D1), uma série de debates gravada por meio de videoconferência com autores e profissionais do livro.

AUTOR E OBRA

Segundo o próprio Leonardo, ele já está trabalhando no seu novo thriller de suspense, que promete o mesmo sucesso dos anteriores:

“Essa semana, recebi a resposta de uma editora que decidiu lançá-lo! Ainda é cedo para dar detalhes, mas trata-se de um suspense fantástico, ambientado no império romano. 

Meus leitores, fãs de livros como O Maníaco do Circo e Presságio, vão encontrar, no novo livro, elementos comuns às obras anteriores, como a narrativa tipo thriller, que mantém o leitor preso à história, além de viradas inesperadas. Mas há novos elementos, como a ação e a fantasia, exploradas com mais intensidade nesta obra.” Leonardo Barros (http://leobarrosescritor.blogspot.com.br/2014/11/uma-grande-novidade.html)

 

Gabriel García Márquez   2 comments

Gabriel-Garcia-Marquez

Gabriel José García Márquez (Aracataca6 de março de 1927 — Cidade do México17 de abril de 2014)  foi um escritor,jornalista, editor, ativista e político colombiano. Considerado um dos autores mais importantes do século XX, foi um dos escritores mais admirados e traduzidos no mundo, com mais de 40 milhões de livros vendidos em 36 idiomas.

Foi laureado com o Prémio Internacional Neustadt de Literatura em 1972, e o Nobel de Literatura de 1982 pelo conjunto de sua obra, que entre outros livros inclui o aclamado Cem Anos de Solidão. Foi responsável por criar o realismo mágico na literaturalatino-americana. Viajou muito pela Europa e viveu até a morte no México. Era pai do cineasta Rodrigo García.

Primeiros dias

Gabriel García Márquez, também conhecido por Gabo, nasceu em 6 de março de 1927, na cidade de AracatacaColômbia, filho de Gabriel Eligio García e de Luisa Santiaga Márquez, que tiveram ao todo onze filhos. Logo depois que García Márquez nasceu, seu pai se tornou um farmacêutico. Em janeiro de 1929, seus pais se mudaram para Barranquilla,6 7 enquanto García Marquez permaneceu em Aracataca. Foi criado por seus avós maternos, Doña Tranquilina Iguarán e o coronel Nicolás Ricardo Márquez Mejía. Quando ele tinha oito anos, seu avô morreu, e ele se mudou para a casa de seus pais em Barranquilla, onde seu pai era proprietário de uma farmácia.

Seu avô materno Nicolás Márquez, que era um veterano da Guerra dos Mil Dias, cujas histórias encantavam o menino, e sua avó materna Tranquilina Iguarán, exerceram forte influência nas histórias do autor. Um exemplo são os personagens de Cem Anos de Solidão.

Gabriel estudou em Barranquilla e no Liceu Nacional de Zipaquirá. Passou a juventude ouvindo contos das Mil e Uma Noites; sua adolescência foi marcada por livros, em especial A Metamorfose, de Franz Kafka. Ao ler a primeira frase do livro, “Quando certa manhã Gregor Samsa acordou de sonhos intranquilos, encontrou-se em sua cama metamorfoseado num inseto monstruoso“, pensou “então eu posso fazer isso com as personagens? Criar situações impossíveis?“. Em 1947 muda-se para Bogotá para estudardireito e ciências políticas na universidade nacional da Colômbia, mas abandonou antes da graduação. Em 1948 vai para Cartagena das Índias, Colômbia, e começa seu trabalho como jornalista.

Jornalismo

Seu trabalho como jornalista foi para o jornal El Universal. Em 1949 vai para Barranquilha e trabalha como repórter para o jornal El Heraldo. Neste mesmo período participa de um grupo de escritores para estimular a literatura. Em 1954 passa a trabalhar no El Espectador como repórter e crítico.

Em 1958 trabalha como correspondente internacional na Europa, retorna a Barranquilha e casa-se com Mercedes Barcha com quem tem dois filhos, Rodrigo e Gonzalo. Em 1961 vai para Nova Iorque para trabalhar como correspondente internacional, mas suas críticas a exilados cubanos e suas ligações com Fidel Castro o fizeram ser perseguido pela CIA e com isso muda-se para o México. Em 1994 funda juntamente com seu irmão, Jaime Abello, a Fundação Neo Jornalismo Iberoamericano.

Literatura

Seus livros alcançaram repercussão na Europa nos anos 1960 e 1970. Seus livros refletiam sobre os rumos políticos e sociais da América Latina.11Teve como seu primeiro trabalho o romance “La Hojarasca” publicado em 1955. Em 1961 publica “Ninguém escreve ao coronel”. A obra Relato de um náufrago, muitas vezes apontada como seu primeiro romance, conta a história verídica do naufrágio de Luis Alejandro Velasco e foi publicado primeiramente no “El Espectador”, somente sendo publicada em formato de livro anos depois, sem que o autor soubesse. O escritor colombiano possui obras de ficção e não ficção, tais como Crônica de uma morte anunciada e O amor nos tempos do cólera. Em 1967 publica Cem Anos de Solidão – livro que narra a história da família Buendía na cidade fictícia de Macondo, desde sua fundação até a sétima geração -, considerado um marco da literatura latino-americana e exemplo único do estilo a partir de então denominado “Realismo Fantástico” . Suas novelas e histórias curtas – fusões entre a realidade e a fantasia – o levaram ao Nobel de Literatura em 1982. Em 2002 publicou sua autobiografia Viver para contar, logo após ter sido diagnosticado um câncer linfático. Marquéz apontou como o seu mestre o escritor Norte-Americano William Faulkner.

Cinema

Teve interesse por cinema e trabalhou principalmente como diretor. Em 1950 estudou no Centro experimental de cinema em Roma. Participou diretamente de alguns filmes tais como Juego peligroso, Presságio, Erendira, entre outros. Em 1986 fundou a Escola Internacional de Cinema e Televisão em Cuba, para apoiar a carreira de jovens da América LatinaCaribeÁsia e África. Em 1990 conheceu Woody Allen e Akira Kurosawa, diretores pelos quais teve admiração.

Morte

Em abril de 2009 Márquez declarou que havia se aposentado e que não pretendia escrever mais livros. Essa notícia viu-se confirmada em 2012, quando o seu irmão, Jaime Garcia Marquez, anunciou que foi diagnosticada uma demência a Gabriel Garcia Marquez e que, embora estivesse em bom estado físico, havia perdido a memória e não voltaria a escrever.

García Márquez morreu em 17 de abril de 2014 na Cidade do México, vítima de uma pneumonia, pouco mais de um mês após completar 87 anos. O autor lutava contra a reincidência de um câncer que atingia seus pulmões, gânglios e fígado. Em 1999, ele já tinha conseguido superar um câncer linfático.

Repercussão

A morte do escritor repercutiu mundialmente, o presidente norte-americano Barack Obama declarou ser fã do autor, orgulhando-se de possuir um exemplar autografado por este de Cem Anos de Solidão e dizendo “O mundo perdeu um dos maiores e mais visionários escritores, um dos meus preferidos desde que eu era jovem”, enquanto escritores comoLuís Fernando Veríssimo declararam que García Márquez mudou a ótica do mundo com relação à América do Sul.

Obras

Fonte: Wikipedia

 

Homenagem do Blog a um dos grandes escritores e poetas da atualidade!

“A pior forma de sentir saudade de alguém é estar sentado ao seu lado e saber que nunca o poderá ter.”

Gabriel García Márquez

 

 

Publicado 20/04/2014 por Berma em Biografias, Notícias

Etiquetado com ,

Crescendo com o meu irmão John Lennon   Leave a comment

tumblr_m7f771KDeU1r7xkjgo1_500

 

Título: Imagine ”Crescendo com o meu irmão John Lennon”
Autora: Julia Baird
Editora: Editora Globo
Páginas: 328
Sinopse:

Imagine só – Crescendo com meu irmão John Lennon, de Julia Baird, não segue a tendência das biografias “definitivas”, baseadas numa pesquisa exaustiva e no objetivo de reproduzir a vida do biografado com toda minúcia. Paradoxalmente, porém, pela proximidade da autora com o biografado, esta é uma biografia ao mesmo tempo mais e menos minuciosa. Menos, ao não ser extensiva a toda a vida do biografado, e mais, ao se basear, para o período e os aspectos que aborda, na memória direta e nas informações de primeira mão da autora. Além de um índice remissivo não apenas de nomes, mas também de momentos/situações chave na vida de Lennon, o livro conta com prefácio e posfácio da autora ? e com uma amostra generosa de sua coleção particular de fotografias familiares inéditas.

 

Publicado 15/03/2013 por Berma em Biografias, Livros, Notícias, The Beatles

Etiquetado com , , ,

%d blogueiros gostam disto: