Arquivo da categoria ‘J.R.R.Tolkien – O Hobbit

I See Fire por Ed Sheeran   4 comments

Mais um dos temas de “O Hobbit – A Desolação de Smaug“, I See Fire por Ed Sheeran.

Billy Boyd: The Last Goodbye   Leave a comment

Para os fãs de J.R.Tolkien, segue um vídeo muito legal com um dos temas de “O Hobbit” cantada pelo próprio Billy Boyd: The Last Goodbye.

 

Far Over The Misty Mountains Cold – Versão Piano e Guitarra   Leave a comment

Muito show essas versões cover do tema do “O Hobbit” com piano, guitarra, violão e harpa.

 

 

 

 

 

 

A Montanha Solitária!   Leave a comment

01je2

“Bilbo então viu uma paisagem.

As terras abriam-se ampla ao seu redor, cheias da água do rio que subdividia-se em centenas de cursos tortuosos, ou parava em pântanos ou lagos pontilhados de ilhotas por todos os lados; mas, mesmo assim, uma forte correnteza avançava pelo meio. E, na distância, a cabeça escura, enfiada numa nuvem rasgada, assombrava a Montanha! Não se viam seus vizinhos mais próximos ao nordeste nem o terreno acidentado que a ligava a eles. A Montanha Solitária! Bilbo viera de longe e enfrentara muitas aventuras para vê-la, e agora não gostava nem um pouco de sua aparência.”

O Hobbit – J.R.Tolkien

Ps.: Acho impressionante a descrição de Tolkien quanto a primeira visão de Bilbo da Montanha Solitária.

Bilbo e Ferroada!!!   Leave a comment

Bilbo e a Ferroada

“Então vei a grande aranha, que se ocupara em amarrá-lo enquanto ele cochilava, veio por trás dele e o atacou. Bilbo só conseguia ver os olhos da coisa, mas sentia suas pernas peluda enquanto ela lutava para enrolá-lo em seus abomináveis fios. Teve sorte por voltar em sia a tempo. Logo não poderia mais se mexer. Do jeito que estava lutou desesperadamente até se libertar. Repeliu a criatura com as mãos – ela tentava envenená-lo para mantê-lo imóvel, como as aranhas pequenas fazem com as moscas -, até que se lembrou  de desembainhar a espada. Então a aranha deu um salto para trás e ele teve tempo de cortar os fios e libertar as pernas. Depois disso era a sua vez de atacar. Era evidente que a aranha não estava acostumada a seres com esse tipo de ferrão, ou teria se afastado mais depressa. Bilbo atacou-a antes que ela pudesse desaparecer e feriu-a com a espada bem nos olhos. Então ela enlouqueceu e saltou, dançou, e jogou as pernas em espasmos hediondos, até que ele a matou com outro golpe; depois, caiu no chão e não se lembrou de mais nada por um longo tempo.

Quando voltou a si, viu ao seu redor a costumeira luz cinzenta e fraca do dia da floresta. A aranha jazia morta ao seu lado, e a lâmina da espada estava manchada de negro. De alguma forma, ter matado a aranha gigante, sozinho na escuridão, sem a ajuda do mago ou dos anões ou de qualquer outra pessoa, fez uma grande diferença para o Sr. Bolseiro. Sentiu-se uma nova pessoa, muito mais feroz e corajosa, a despeito do estômago vazio, enquanto limpava a espada na grama e a colocava de volta na bainha.

 – Vou dar-lhe um nome – disse a ela o hobbit – , vou chamá-la Ferroada.”

O Hobbit – J.R.tolkien

O Hobbit – A Desolação de Smaug – comentado pelo Omelete   Leave a comment

O Hobbit – Omelete Entrevista Ian McKellen   Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: