A porta de saída dessa solidão!   Leave a comment

tumblr_m54co6qXWM1qep8m8o1_500

Pela manhã, ao acordar, olhei para céu. Ele estava tão branquinho que pensei: “Que tal umas nuvens azuis”?
Mas estava eu sem lápis, sem esses tons no meu estojo.
Logo pensei em fazer borboletas amarelas, mas não tinha esses tons também.
Foi aí que, olhando bem fundo nos acessórios da minha vida e do meu estojo, notei que havia apenas três lápis: Roxo, cor das minhas olheiras; Cinza, cor dos meus dias; E preto, atual cor das minhas vestes.
Desde então virei o jogo.
Fiz bolinhas nas nuvens com cinza e elas ficaram mais bonitinhas. Borboletinhas roxas agora sorriem pra mim e o preto será usado para na confecção da porta de saída dessa solidão!
Eu voltei a sorrir para a vida e sei que devagar ela voltará a ser colorida, porque as respostas estão dentro de mim!

Marcelaine Porteiro

Para conhecer outros textos de Marcelaine Porteiro acesso os links:
http://livroscompipoca.com/category/parceiros/marcelaine-porteiro/
http://pensador.uol.com.br/autor/marcelaine_porteiro/

Publicado 15/02/2015 por Berma em Marcelaine Porteiro, Parceiros, Poesias

Etiquetado com ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: